Buscar

Como os municípios podem aumentar a arrecadação através do uso de dados e tecnologia?

Descubra como o seu município pode se beneficiar da tecnologia e big data para arrecadar mais em 2021

A inserção da tecnologia nas nossas vidas é irrevogável. Em todos os contextos da humanidade, as ferramentas penetram e se aprimoram dia após dia.


Na vida cotidiana, dos smartphones aos dispositivos de inteligência artificial, agregamos todas as inovações na rotina.


O ambiente de trabalho também começou a ser fortemente impacto pela tecnologia.

A automação é uma as inovações em ascensão que promete eliminar as tarefas manuais, e com isso, promover o ganho de tempo e mais assertividade nas tarefas.


Estes recursos não são exclusividade das grandes indústrias. Empresas de vários setores já são beneficiadas por um incontável leque de ferramentas que se popularizam com muita rapidez.


A tecnologia está no radar do setor público














Um indicador das mudanças são os órgão públicos. Empresas deste setor já identificaram há muito tempo o grande potencial que a tecnologia agrega em vários aspectos da gestão e estão amplamente interessadas em usufruir de todos os benefícios.


O uso da tecnologia no setor público é muito amplo e pode ser inserido em muitos processos. Entre os mais comuns, estão a facilitação no momento de oferecer um atendimento rápido e com mais qualidade.


Também favorece a realização de pesquisas de satisfação, tomadas de decisão e elimina tarefas manuais, para assim, garantir mais agilidade e diminuir erros comuns causados por humanos.


Segundo a TIC Domicílios (2019), 28% dos usuários buscaram informações sobre impostos, 23% buscaram sobre agendamento de consultas ou remédios da saúde pública e 36% sobre direitos do trabalhador e previdência social.

Como a tecnologia favorece a arrecadação dos municípios?


É importante destacar que os benefícios da tecnologia são muito mais amplos. Um dos grandes interesses dos órgãos públicos, especialmente das prefeituras, é aumentar a arrecadação.





Um exemplo é o município de Imbé, no Rio Grande do Sul, que por meio da integração de dados administrativos, obteve um acréscimo de meio milhão no orçamento desde o início da pandemia.


De uma forma lenta, mas progressiva, os órgãos públicos estão entendendo que a tecnologia pode ser muito útil na hora de cobrar impostos.


A arrecadação é um dos aspectos que mais interessa as empresas quando colocamos em pauta os benefícios da tecnologia para a gestão pública. Mas um dos grandes desafios é entendê-la como uma ferramenta que pode trazer resultados concretos em um curto espaço de tempo.


Tecnologia, uma aliada nos tempos de crise


Diante do cenário complexo que estamos vivendo, as prefeituras estão cada vez mais cientes da importância do uso de tecnologias emergentes na arrecadação dos seus tributos.


No Brasil, já é uma realidade e tem gerado muita repercussão positiva, como a prefeitura do Recife, que em 2018, aumentou sua arrecadação em 9,1% a mais em relação ao ano anterior por meio do combate à sonegação fiscal e à corrupção.


No cenário global da pandemia, os prefeitos que assumiram seus cargos em 2021 terão um grande desafio relacionado à arrecadação tributária.


Em função da queda, motivada principalmente pelo fim do auxílio emergencial do Governo Federal, possivelmente sofrerão um impacto no caixa dos municípios.

Por hora, não existe um plano de reestruturação econômica.


Por isso, precisamos entender a tecnologia como uma grande aliada nesse momento.

Os sistemas de gestão fiscal terão uma grande importância no momento da obtenção do controle do equilíbrio fiscal em todas as suas instâncias.


Quanto mais cedo os gestores compreenderem estes contextos, mais rapidamente poderão minimizar os futuros impactos.


Nas procuradorias, os benefícios dos sistemas de gestão fiscal integrada são muito amplos. Principalmente porque possibilitam agilidade nas execuções fiscais, alcançando mais eficiência para cobrança de créditos.


Este fator, somado a outros tipos de iniciativas como as conciliações, são essenciais para aumentar a arrecadação neste momento onde os repasses aos municípios diminuíram.

Por que sua gestão precisa se preparar agora?



Se você é gestor público e ainda tem dúvidas em relação à importância da tecnologia na sua gestão pública, saiba que estamos em um momento muito propício para nos preparar.


Segundo as principais tendências, o futuro das prefeituras será digital, e a tecnologia, uma protagonista em cada um dos processos realizados.


Pode parecer complexo traçar um plano de inovação para sua gestão. Este é um indicador de encontrar uma parceria nova seja o melhor caminho, uma vez que a jornada é repleta de mudanças e promete muitos desafios.


A L2 INOVA é uma GOVTech focada em trazer soluções em inovação tecnológica que ajudam as organizações a melhorarem os processos de governança digital, compliance e planejamento estratégico.


Nossa atuação é completa, da ideia à execução, do planejamento ao design, da criação a implementação, através de metodologias ágeis, desenvolvemos softwares, soluções personalizadas, aplicativos e multiplataformas.


Tudo para entregar projetos com inteligência, eficiência e economia.




_____________________________________________

Léo Stefan

Especialista em Inovação no setor publico | Abril de 2021

_____________________________________________

93 visualizações0 comentário